Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Temposnotempo

Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...

Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...

Temposnotempo

03
Set09

Há 70 anos a maior tragédia da Humanidade

temposnotempo

Em 1 de Setembro de 1939 a Polónia foi invadida por 1,5 milhões de soldados alemães.

 

 

Para Hitler, o Chanceler alemão, era a procura do "espaço vital" para o povo alemão... óbvia e friamente à custa da destruição do povo polaco, deve entender-se.

 

Alguns dias depois os soviéticos fariam o mesmo, entrando pela parte oriental. Lutou como pôde a martirizada Polónia. Mas que podiam cavalos, e material bélico ultrapassado, contra o mais moderno, motorizado e poderoso exército de então? ( que, aliás, ingleses e franceses pouco fizeram para evitar que se constituísse, à revelia das disposições do Tratado de Versalhes, imposto à Alemanha vencida na 1ª Guerra Mundial (1914-1918))

 

Até 18 de Setembro, um dia depois de a URSS ter invadido a Polónia, grande parte do território que seria controlado pela Alemanha estava já tomado.

 

(http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://i33.photobucket.com/albums/d52/areamilitar/HM/Polonia_1939_18.jpg&imgrefurl=http://www.areamilitar.net/HistBCR.aspx%3FN%3D75&usg=__Tl849qXUOcMnJCvDZLBANMCy8Hs=&h=655&w=600&sz=61&hl=pt-BR&start=18&sig2=soPUf8DfVD7y7XeF8g2uJw&um=1&tbnid=raAFb9uOa-kZqM:&tbnh=138&tbnw=126&prev=/images%3Fq%3Dinvas%25C3%25A3o%2Bpolonia%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4ACAW_pt-BRPT341%26sa%3DN%26um%3D1&ei=cEygSssSjfz4BpLWpNwP)

 

Há precisamente 70 anos - a 3 de Setembro - perante a evidência dos desígnios assassinos de Hitler e do seu regime, a Grã-Bretanha e a França, finalmente, declaravam guerra à Alemanha. Tinha início a 2ª Guerra Mundial (1939-1945) : mais de 50 milhões de mortos. Vários crimes contra a Humanidade cometidos.

A núvem mais negra sobre o mundo.

A loucura estúpida da guerra no seu mais elevado e irracional grau.

 

Será tema para os alunos do 9º , 11º (História B) e 12º (História A).

 

 

 

 

04
Jul09

Hoje olho para o dia

temposnotempo

Talvez inspirado pela angulação da luz, pelo verão da sua luminosidade e calor, olho para o dia e para a multiplicidade dos seus muitos vividos dias:

 

- 4 de Julho de 1776:

Em Filadélfia, o Congresso Continental adopta a Declaração de Independência que faz nascer os Estados Unidos da América, em rebelião declarada contra os colonizadores britânicos. Depois de assinada em 2 de Agosto consolidou a vontade firme das 13 colónias de ganharem a guerra de independência, reconhecida em 1783, formalmente, pela potência colonizadora, em Paris.

  

 

4 de Julho de 1821:

Regressam a Portugal D. João VI e a sua Corte, depois dos 13 anos de Brasil e do muito que essa decisão, tomada na sequência da entrada dos franceses em Portugal (Junot - 1807), irreversivelmente provocou: a Revolução Liberal de 1820 e as convulsões posteriores que levaram à instalação definitiva de uma monarquia constitucional; a independência do Brasil em 1822.

 

- 4 de Julho de 1987:

É condenado, em França, a prisão perpétua por crimes contra a Humanidade durante a Segunda Guerra Mundial, Klaus Barbie, o "carniceiro de Lyon".

     

 

- 4 de Julho de 1997:

A sonda americana "Pathfinder" aterra em Marte. No mesmo dia foram postas a circular na Internet várias imagens transmitidas pela nave.

 

     

 

-4 de Julho de 2004:

Na final do Euro 2004 - Campeonato Europeu de Futebol, realizado em Portugal - Portugal perde com a Grécia por 1-0.

 

 

- 4 de Julho de 2009:

 

  Começo da 96ª edição (a 1ª foi em 1903) da maior prova de ciclismo do circuito mundial. Três semanas, 21 etapas, 3500 Km para as pernas (e coração) dos 199 ciclistas de 20 equipas. 

 

 

Seul, 04 Jul (Lusa) - A Coreia do Norte, recentemente condenada pela ONU por um ensaio nuclear, realizou hoje um disparo experimental de um sexto míssil de curto alcance, anunciou o estado-maior do exército sul-coreano.

Os seis engenhos balísticos, de um alcance avaliado por Seul entre 400 a 500 quilómetros, foram lançados no mar do Japão e em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU, que proibem o regime norte-coreano de realizar qualquer ensaio nuclear ou disparo de míssil.

Estes novos disparos ocorrem dois dias depois de testes idêntidos, mas o alcance dos tiros de quinta-feira foi estimado em 120 quilómetros.

 

 

31
Mai09

Dia "D"

temposnotempo

 

Aconteceu em princípios de Junho de 1944, após uma preparação que durou mais de 2 anos: o desembarque dos aliados na Normandia, para darem início à libertação da França e do Ocidente e garantirem a vitória das forças aliadas, como vimos.

 

 

 

Ficam os documentos, a memória! E a evocação, a homenagem que devemos todos aos que morreram para garantir a vitória da democracia e da liberdade.

 

 

 

21
Mai09

Há 64 anos...

temposnotempo

Como vimos, Maio trouxe, finalmente, em 1945, o fim, na Europa, da maior tragédia de sempre da Humanidade: a 2ª Guerra Mundial. Em 8 de Maio a Alemanha rendeu-se às condições do bloco aliado e por todo o lado se respirou profundamente de alívio, embora a imensidão dos problemas a resolver e das situações ainda por terminar, não deixasse ninguém sossegado.

 

 

No Pacífico a guerra prosseguiria da maneira mais trágica até Agosto, altura em que se verificou o lançamento criminoso das duas bombas atómicas americanas. O termo dos combates, na sequência da rendição do Japão, viria a verificar-se a 15 desse mês. Em 2 de Setembro era assinado o documento formal a bordo de um navio americano, ancorado na baía de uma Tóquio destruída.

 

 

23
Fev09

George Friedrich Händel (1685-1759)

temposnotempo

 

 

Mais um dia de efeméride que vale notícias por todo o mundo: a comemoração dos 250 anos da morte do compositor alemão George Friedrich Händel, nascido em Halle an der Saale, no norte da Alemanha.

 

Dotado para a música, fez valer os seus intentos e cedo se dedicou aos estudos musicais. Aos 17 anos tornou-se organista da catedral da sua cidade. Depois saltou para Hamburgo e foi lá que, aos 20 anos, apresentou a sua primeira ópera "Almira".

 

Andou, de seguida, pela Itália, estudando a música italiana, e em 1711 apresentou em Londres a sua muito célebre ópera "Rinaldo", que obteve um êxito estrondoso  que o levou a ficar por lá. Criou a Royal Academy of Music, o nome da ópera real, para onde escreveu, entre 1720 e 1728,  14 óperas que o tornaram conhecido - e famoso! - por toda a Europa. Mais tarde dedicou-se a outros géneros, com destaque para as oratórias (obras corais de temática religiosa), das quais a mais conhecida e repetidamente interpretada é "O Messias".

 

E em Londres morreu! Deixou 32 oratórias, 40 óperas, 110 cantatas, 20 concertos, 39 sonatas, fugas, suítes, obras sacras e obras orquestrais. É um dos compositores barrocos mais prolixos, com um nível só ultrapassado pelo seu contemporâneo  Johann Sebastian Bach, mais velho do que ele vinte anos. Dois monumentos!

 

Deixo-vos um dos exemplos mais intimistas e mais admiráveis, da ópera  "Rinaldo" - Lascia Ch'io Pianga

 

 

 

29
Jan09

O 5 de Outubro de 1910

temposnotempo

 

         

 

     Proclamação da República na Câmara Municipal de Lisboa - 5/10/1910

 

Como ficou prometido e independentemente das vossas pesquisas individuais aí vai  um exemplo dos documentos fílmicos que fixaram em imagens - o cinema ainda não era sonoro nessa altura, não esqueçam... -  alguns dos acontecimentos ligados ao golpe republicano e popular do 5 de Outubro, em Lisboa:

 

http://www.youtube.com/watch?v=5CW10AaZqHY&NR=1

 

Relativamente à documentação fotográfica, recomendo o blogue

 

http://www.bubbleshare.com/album/242151/thumbnails?page=2

 

cheio de documentação!

 

 

  Barricadas populares em Lisboa

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D