Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
10.10.10

Já que entrei no terreno da música avanço com um post que já tenho começado há algum tempo.

 

Falou-se nestes dias muito do nosso Hino Nacional, símbolo vivo da República e dos seus 100 anos.

 

Como sabem, na origem, "A Portuguesa"  (o nosso Hino) foi uma canção de luta, patriótica, surgida na sequência do "Ultimato Inglês" de 1890, que obrigou o rei português a abdicar de territórios coloniais que queria ocupar em África e que, depois, durante a primeira revolta republicana contra a monarquia portuguesa que ocorreu em 31 de Janeiro de 1891, foi adoptada para ser uma bandeira da luta e esperanças republicanas.

 

Alfredo Keil e Henrique Mendonça que a compuseram tiveram presentes outras canções de luta surgidas no contexto das revoluções liberais que varreram a Europa ao longo do século XIX.

Uma das primeiras e, porventura, a que mais impacto e fama criou foi a canção  "Ça Ira" surgida em França, logo a seguir ao início dos múltiplos acontecimentos a que chamamos a "Revolução Francesa", como vimos.

 

Deixo-vos uma versão magnífica, cantada por Edith Piaff, uma das mais importantes cantoras de sempre, que tem ainda o mérito de evocar alguns dos acontecimentos que procurámos estudar levemente...

 

 

link do postPor temposnotempo, às 19:26  comentar

 

Deixo uma surpresa! Alertado por uma aluna do 9º ano participante, fui à procura desta orquestra de jovens que neste Verão passou pela Figueira.

 

Do espectáculo que deram no CAE retiro um exemplo fortíssimo - parabéns!! - do excerto mia conhecido de uma cantata famosa do compositor austríaco Carl  Orff, a Carmina Burana escrita em 1937, tendo por base os poemas medievais que a seguir vos refiro e algumas notações musicais breves e dispersas pelo manuscrito.

 

Não é por acaso que faço esta escolha: os Carmina Burana são textos poéticos incluídos num importante manuscrito do século XIII - o Codex Latinus Monacensis - encontrado no século XIX num mosteiro da Alta Baviera (Alemanha).

 

Parabéns à Énia (e certamente a outros alunos da escola que também terão participado) que me deu a dica e também me alertou para a saída de um primeiro disco que já gravaram.

 

 

 

 

link do postPor temposnotempo, às 18:38  comentar

Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30



Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30



subscrever feeds
blogs SAPO