Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
21.9.11

        Mapa do Império Romano - séc. II

 

 

 

 

 

http://www.historiadomundo.com.br/romana/mapa-do-imperio-romano.htm

 

 

 

 

http://imagohistoria.blogspot.com/2009/10/imperialismo.html

 

 

Mas, a partir do século III, os ataques ao Império Romano multiplicam-se - os "povos bárbaros" cobiçam-no...

 

 

 

 

http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=80

 

 

... até a sua metade ocidental - o IMPÉRIO ROMANO DO OCIDENTE - já não aguentar e cair, isto é, ser conquistada, dominada, por povos bárbaros (Germanos, etc. ) - ROMA é conquistada em 476 d.c..

 

Começa a formar-se a Europa... com vários reinos "bárbaros"...

 

 

 

http://medievaluff.blogspot.com/

 

 

...e com Portugal, já bem mais tarde, no século XII, em resultado da acção de D. Afonso Henriques (1139; 1143; 1185...):

 


 

http://www.flickr.com/photos/artesvisuais/page4/

 

 

link do postPor temposnotempo, às 23:50  comentar

 

Atenção: para poderem utilizar os documentos de trabalho, fichas, esquemas, apontamentos, textos, etc., disponibilizados nesta Plataforma aberta à utilização dos alunos e professores da escola, não esqueçam as etapas que têm de cumprir:

 

1. Usarem um mail pessoal: que já possuem ou criam de propósito;

 

2. Efectuarem a inscrição do vosso mail na Plataforma. Esta inscrição só ficará cumprida quando receberem o mail de confirmação e nele clicarem para finalizar o processo;

 

3. Com a ajuda do professor, procederem à inscrição na disciplina (de História, neste caso), no ano de escolaridade que frequentam.

 

 

Não temos muito tempo nas aulas, mas dedicaremos algum para que todos os que pretendem possam vir a beneficiar desta ferramenta de apoio para o vosso estudo e trabalho na escola.

 

Entretanto, espreitem:

 

http://esctorres-m.ccems.pt/


http://www.escristinatorres.pt/

 

 

O prof.

tags: ,
link do postPor temposnotempo, às 23:29  comentar

16.9.11

 

 

Já fui apresentado nas turmas!

 

O meu mentor acordou-me! Concluo que um novo ano lectivo começa! (trabalho!... trabalho!...) "Vai chegar para mim"!

 

Bom já que assim é, mando um olá para todos! Eu, instrumento de trabalho, mas também de divertimento, me apresento!

 

Fico um BLOG ao dispor!

 

Bom ano lectivo! Bons progressos! Boas "viagens" interiores!

 

 

tags:
link do postPor temposnotempo, às 10:52  comentar

1.6.11

 

Deixo alguns materiais para terem em conta:

 

1.

 

 Ministro francês Robert Schuman

Dia da União Europeia

A data relembra a declaração do ministro francês Robert Schuman, considerada marco fundamental do bloco criado sete anos depois.
 

Nove de maio foi escolhido como Dia da União Européia porque na mesma data, em 1950, o ministro francês das Relações Exteriores Robert Schuman sugeriu a criação de uma instituição para gerir a produção de carvão e aço francesa e alemã que fosse aberta à participação dos outros países da Europa.

Recém terminada a Segunda Guerra Mundial, o ministro via nessa aliança os fundamentos de uma união econômica entre as nações do continente que seria indispensável à preservação da paz.

Esta proposta, conhecida como "Declaração Schuman", originou a Comunidade Européia do Carvão e do Aço, que foi o germe da União Européia, criada sete anos depois.

 

http://www.dw-world.de/dw/article/0,,2482016,00.html

 

2.

 

Que "CECA"!...

 

1951

 

 

3.

 

Ao princípio:

 

 

mais complicado que parece...

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Comunidade_Europeia_do_Carv%C3%A3o_e_do_A%C3%A7o

 

 

4.

 

A entrada de Portugal e Espanha em 1996:

 

 

 

 

5.

 

Outros crescimentos...

 

 

 

 

 

 

 

 

6.

 

E o resultado actual... a "Europa dos 27":

 

 

 

 

 

 

tags: , ,
link do postPor temposnotempo, às 07:55  comentar

24.5.11

 

A ONU na sua acção em defesa da paz, da liberdade e igualdade dos povos, e do respeito pelos direitos das minorias étnicas, religiosas, políticas, etc. e dos mais desfavorecidos, criou, pouco depois de ter iniciado a sua actuação, uma Comissão de Direitos Humanos, com uma importante missão: proceder à elaboração de uma Carta de Direitos que aprofundasse o texto fundador da ONU, pouco preciso quanto a isso.

 

A Comissão, composta por individualidades de vários países (entre eles a viúva do anterior presidente dos EUA, Eleanor Roosevelt) fez o seu trabalho e apresentou o texto da DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS à Assembleia Geral da ONU de 10 de Dezembro de 1948 que a votou favoravelmente: votaram a favor 48 países (Portugal ainda não fazia parte da ONU nessa altura; só em 1955) e abstiveram-se oito (seis do bloco soviético, mais a África do Sul e a Arábia Saudita). Não se verificou nenhum voto contra.

 

 

 

Deixo-vos o texto integral da Declaração. Sabemos todos que ela está longe de estar cumprida: mutios dos direitos que ele consigna são espezinhados continuamente por todo o mundo, mesmo dentro dos países que a aprovaram e defendem. Sabemos, também, como, mais de 60 anos depois, muitos defendem a sua actualização para dar entrada a direitos que na altura não foram consignados e que a evolução dos tempos fazem impor.

 

Mas julgo que deveremos olhá-la com a dimensão que pretende conter: a de ser um guia para a evolução da Humanidade; um documento orientador para a defesa dos direitos dos indivíduos no quadro das sociedades em que vivem; uma trincheira de luta contra as barbaridades, iniquidades  e opressões de que ainda padece o mundo dos que sofrem, dos que são marginalizados, dos que são discriminados, dos que não vêem reconhecidos os seus direitos de raça, de religião, de pensamento, de liberdade de expressão e de reunião, organização, etc.; dos que vêem ser-lhes negados os direitos à autodeterminação, à comida, à sua educação e à educação dos filhos, aos cuidados médicos e à saúde, à cultura, ao lazer e ao desporto, à felicidade em geral.

 

 Vejam aqui os trinta artigos da Declaração e o seu Preâmbulo:

 

http://www.gddc.pt/direitos-humanos/textos-internacionais-dh/tidhuniversais/cidh-dudh.html

 

 

link do postPor temposnotempo, às 12:15  comentar

16.5.11

Retiro a notícia do jornal "Público", na sequência do que falámos na aula a propósito da fuga e encobrimento de muitos dos criminosos nazis

 

Espreitem, independentemente dos resultados das vossas pesquisas:

 

http://www.publico.pt/Mundo/antigo-guarda-nazi-john-demjanjuk-condenado-por-crimes-no-holocausto-mas-fica-em-liberdade_1493829

 

 

Vejam também o filme relativo ao Albert Speer (e vejam melhor, antes, quem ele foi durante o regime nazi...):

 

 

 

(claro que vendo esta parte - que é a do remate - convirá dar umas olhadelas às partes anteriores... se sentirem interesse, claro!)
link do postPor temposnotempo, às 23:05  comentar

3.5.11
No contexto do trabalho que estamos a fazer deixo um pequeno trabalho sobre Anne Frank que hesitei postar, por duas razões: porque desconheço a autoria, em primeiro lugar; porque está incompleto na parte final (não se aborda o destino final da jovem Anne Frank, levada de Auschwitz para Bergen-Belsen, onde com a irmã virá a sucumbir vítima de tifo, pouco antes de a Guerra terminar na Europa, o que foi ainda mais cruel depois de tanto sofrimento. De qualquer modo o PP tem material iconográfico interessante, e parece-me que deve merecer a publicação. Vejam, entretanto, para mais informações: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anne_Frank
Para o Aristides de Sousa Mendes deixo-vos o endereço do site específico da Fundação com o seu nome, onde se encontra disponível o material mais relevante sobre a sua fantástica actuação e um pequeno filme que retiro de entre um lote muito largo deles que podem explorar no Youtube. www.aristidesdesousamendes.web.pt/
link do postPor temposnotempo, às 22:33  comentar

2.5.11

 

Aconteceram, como vimos, na sequência da 2ª Guerra Mundial, por decisão dos Aliados na Conferência de Potsdam. Decorreram de 20 de Novembro de 1945 a 1 de Outubro de 1946. Neles estiveram alguns dos mais altos dirigentes alemães.

http://www.infopedia.pt/$julgamentos-de-nuremberga

 

 Deixo dois pequenos trabalhos do Youtube sobre a perseguição aos nazis no pós-guerra e sobre os Julgamentos. Pena estarem em castelhano, mas não vi melhor.

 

 

 

 

 

 

link do postPor temposnotempo, às 22:22  comentar

Tal como para o 9º e pelas mesmas razões...aí vai o documento para o 8º ano!

tags: ,
link do postPor temposnotempo, às 22:19  comentar


Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30


Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30


contador
subscrever feeds
blogs SAPO