Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
8.10.08

Vão particularmente carrancudas (e com algum mistério...) as conjunturas económicas,sociais e políticas (para não pensarmos noutras...) por esse mundo fora.

 

Mais uma vez os EUA "espirram" e por todo o lado se vêem a pulular as "gripes".

 

Tempo pois - nas palavras do Prof. Amado Mendes, no seu clássico A História como Ciência, Coimbra Editora, 2ª ed., 1989, p.164-165 - "de  eventos interligados, ocorridos no tempo médio, breve ou curto, sem carácter repetitivo. Consoante a sua intensidade e/ou repercussões, determinada conjuntura poderá:

 

         . não afectar as estruturas;

         . abalá-las profundamente, quando se trata, por exemplo de revoluções"

 

Olhando para a paleta de "eventos interligados" que vamos só conhecendo de raspão, alguém quer assumir a tarefa, "difícil", de vaticinar sobre a intensidade das suas repercussões? E, já agora, sobre a capacidade de absorção dessas estruturas - do sistema económico-social-político dominante, portanto -  do choque que está a acontecer e vai seguir-se?

link do postPor temposnotempo, às 23:51  comentar

Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
17
18

19
21
22
24
25

27
28
30


Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
17
18

19
21
22
24
25

27
28
30


contador
blogs SAPO