Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
18.2.10

O mito de Osíris é um dos mais belos da mitologia do Antigo Egipto e que aparece ligado ao da criação do Universo.

 

Osíris   Osíris

 

Para os antigos egípcios o céu era uma deusa coberta de estrelas: a deusa Nut.

 

A terra era o deus Geb, marido-irmão de Nut.

 

Antes da criação do Universo, Geb e Nut viviam juntos, mas o deus-sol Rá, emergindo do caos, ordenou a separação dos irmãos.

 

O pai deles era Shu (deus da atmosfera, marido-irmão de Tefnut, a deusa da humidade vivificante) que, completando o trabalho de Rá, criou o espaço e a luz entre eles, e elevou o corpo de Nut. Geb ficou deitado, possuindo no seu corpo as montanhas e o relevo da Terra.

 

 

Durante o dia Rá percorre o corpo de Nut. No entanto, à noite, a deusa desce e une-se ao marido, criando a escuridão.

 

Da sua união resultaram três filhos (deuses): Osíris, Ìsis e Set.

 

Osíris foi morto pelo invejoso e cruel Set que, depois, espalhou o corpo pelos pântanos do Nilo. Mas Ísis, mulher-irmã de Osíris, recolheu os pedaços todos e uniu-os. Depois embalsamou-lhe o corpo e conferiu-lhe o poder de voltar a viver depois da morte.

 

Assim Osíris tornou-se no rei do reino dos mortos, capaz de garantir a vida e felicidade eterna, após a morte, a todos os seus protegidos, depois de passarem no  julgamento dos mortos.

 

Isis, entretanto, ganhou fama e força como deusa do renascimento e como deusa-mãe protectora dos mortos.

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Os%C3%ADris#O_mito_de_Os.C3.ADris

 

http://www.magiadourada.com.br/egito.html

 

 

 

link do postPor temposnotempo, às 22:45  comentar

Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
16
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
16
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


contador
blogs SAPO