Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
20.9.09

 

 

Vinha meio nu

Trazia uma cesta de vime cheia de amoras

que colhera nas margens do rio

Passara a tarde toda de silvado em silvado

Na sua mão direita um pequeno arranhão

- Tão quente tão quente

esse verão

 

Jorge Sousa Braga

O Poeta Nu

 

link do postPor temposnotempo, às 19:30  comentar

Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18

21
22
24
25
26

28
29
30


Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18

21
22
24
25
26

28
29
30


contador
blogs SAPO