Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
30.1.11

 

 

 

link do postPor temposnotempo, às 00:00  ver comentários (2) comentar

 

O habitual era dar-vos por escrito uma Cronologia maior, mas como a escola sofreu mais uma vez cortes no seu orçamento e os tempos, como sabemos ( e sentimos...) vão sendo de muitas restrições, avanço aqui com algumas referências cronológicas maiores.

 

O Moodle fará depois o resto... se tudo correr como espero...

 

 

Destaco só a época que estamos a tratar:

 

1. A do plano da Índia - a de D. João II:

 

1482-84 - Diogo Cão descobre a foz do Rio Zaire e a costa africana até ao Cabo de Santa Maria;

1484-86- João Afonso de Aveiro no Benim; Duarte Pacheco Pereira e outros visitam o Benim e sobem os rios da Guiné 600 Km para o interior;

1485-86- Diogo Cão descobre a costa africana até à Serra Parda; sobe o rio Zaire e estabelece contactos com o rei do Congo;

1487-88- Viagem de Bartolomeu Dias: dobra o Cabo da "Boa Esperança" e descobre a passagem para o Oceano Índico;

             - Gonçalo Eanes e Pêro de Évora sobem o rio Senegal e chegam à importante cidade de Tombuctu;

             - Pêro da Covilhã e Afonso de Paiva iniciam uma longa viagem ao Oriente pelos caminhos tradicionais;

             - Portugueses - entre eles o cartógrafo Pêro Reinel - visitam o Mali

 

2. A do plano da Índia, mas já no reinado de D. Manuel I:

 

1498-99 - Viagem de Vasco da Gama: concretização do "Plano da Índia";

1500 - Pedro Álvares Cabral desembarca no Brasil;

1501-03 - portugueses viajam por Sofala na costa ocidental africana e sobem a Montanha da Mesa no Cabo da Boa Esperança;

1509- Diogo Lopes de Sequeira chega a Malaca;

1511-14- Francisco Serrão descobre as ilhas "Molucas";

               - Chegada de portugueses a Timor;

               - António Fernandes visita o reino do "Monomotapa";

               - Jorge Alves atinje a China (1513);

               - Prováveis expedições portuguesas chegam à Austrália.

 

(adaptada e acrescentada, mas feita com base na Cronologia publicada em "Na Crista da Onda", números 11 e 26, Grupo de Trabalho para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses - Biblioteca da Escola)

 

 

link do postPor temposnotempo, às 09:21  comentar

 

O destaque que fazemos ao Rafael Bordalo Pinheiro e ao Stuart de Carvalhais e às suas caricaturas políticas.

 

BORDALO.jpgRafael B Pinheiro (1846-1905)     

 

 

CARVALHAIS.jpg  Stuart de Carvalhais (1887-1961) 

 

 http://kuentro.weblog.com.pt/arquivo/2009_12.html

 

 

Como o Rafael Bordalo chegou a ser proprietário e mentor artístico de uma Fábrica nas Caldas da Raínha, algumas delas passaram ao barro e são hoje símbolos da nossa portugalidade.

 

Delas todas o destaque maior para o "Zé Povinho", tão maltratado pela Monarquia, mas também pela 1ª República, mas também pelo "Estado Novo", mas também...

 

                 

 

 

Do Stuart ficaram personagens dos primórdias da nossa BD muito marcantes: o "Quim e o Manecas" são também, já, personagens da nossa História!

 

1915...

http://lambiek.net/artists/s/stuart_carvalhais_jose.htm

 

 

link do postPor temposnotempo, às 08:55  comentar

24.1.11

 

 

Agora que vamos estudar a queda da Monarquia e a implantação da República, faço uma chamada de atenção para o acto eleitoral de ontem, 100 anos após o 5 de Outubro de 1910.

 

Independentemente de quem venceu, e dos nossos gostos pessoais, destaco a importância dessa eleição, pelos poderes que o Presidente tem e que são fundamentais para a garantia do funcionamento do nosso sistema (regime) político. E também para a importância dessa escolha ser feita de forma directa, por votação de todos os portugueses.

 

Consultem para ficarem a conhecer melhor os poderes do Presidente, estabelecidos pela nossa Constituição de 1976 e alterações posteriores:

 

http://www.presidencia.pt/?idc=1

 

 

link do postPor temposnotempo, às 07:51  comentar

23.1.11

É chegada a altura de começarmos a pensar nele.

 

Não é nenhum Exame, atenção!! (repito-o!)

 

Não é nenhum bicho papão, mas vai-nos complicar muito a vida...

 

Deixo-vos o link do GAVE do Ministério da Educação para um acesso rápido à Matriz do Teste. Leiam e reflictam. Na aula daremos sequência.

 

 

http://www.gave.min-edu.pt/np3content/?newsId=9&fileName=Info_2_2011_Historia_3CEB.pdf

 

 

(...) "O teste intermédio de História apresenta quatro grupos de itens.

A soma das pontuações dos Grupos I e II, que integram temas dos 7.º e 8.º anos de escolaridade, é

de 40 a 50 pontos. A soma das pontuações dos Grupos III e IV, que integram temas do 9.º ano, é de

50 a 60 pontos.

Todos os grupos podem integrar itens de selecção e itens de construção.

 

 

 

 

 

Todos os itens têm por suporte um ou mais documentos". (...)

link do postPor temposnotempo, às 22:58  comentar

12.1.11

 

Aí vai a chamada de atenção - mais material - para alguns dos meios técnicos que permitiram o nosso movimento expansionista dos séculos XV e XVI.

 

 

Caravela.                          

 

 As Caravelas (de vários tipos e tonelagens) e a réplica de 1990, a "Boa Esperança", construída em Vila do Conde.

 

 (http://www.prof2000.pt/users/hjco/descoweb/pg000400.htm)

 

(http://www.eb23-cmdt-conceicao-silva.rcts.pt/sev/hgp/9.5.htm)

 

 

vejam também http://www.forum-mergulho.com/index.php?/topic/17147-arqueologia-subaquatica-mergulha-na-ria-para-confirmar-naufragio/ 

 

 

e ainda http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/lazer/cultura/laboratorio-preserva-navio-antigo

 

 

e as Naus  (mais tarde fundamentais para a Carreira da Índia)

 

 

 

 

 

Os Astrolábios (com imensa variedade de formas)

 

 

http://www.educ.fc.ul.pt/icm/icm2003/icm11/napl1.htm

 

 

 

http://www.iep.uminho.pt/aac/hsi/a2005/Descobrimentos/recursos.htm

 

 

 

e vejam também http://www.lazer.clix.pt/artigo.asp?id=11782

 

 

 

 

 

Astrolábio “Santiago”, Museu da Marinha,
Lisboa, 3º quartel séc XVI, bronze, réplica.

Astrolábio “Sacramento B”, proveniente da
nau portuguesa Sacramento, naufragada na
Baía de Todos os Santos, meados séc XVII, réplica, bronze, Museu da Marinha, Lisboa. Descobrimentos

http://www.revistamuseu.com.br/emfoco/emfoco.asp?id=14242

 

link do postPor temposnotempo, às 23:49  ver comentários (2) comentar

9.1.11

Deixo-vos um vídeo para complemento do nosso trabalho.

 

Há muitos trabalhos no Youtube, mas poucos deles são aproveitáveis, seja por não terem textos em português, seja por não terem a qualidade desejada.

 

Neste encontra-se material documental interessante e uma resenha das várias revoluções que estudámos.

 

Pode ser útil para o nosso e vosso trabalho.

 

 

 

 

link do postPor temposnotempo, às 20:49  comentar

5.1.11
Bem, não está fácil conseguir algum material vídeo sobre esta primeira revolução das duas de 1917 na Rússia! Aparece algum material aproveitável, mas em inglês... ou russo! Deixo-vos estes dois: o primeiro com imagens documentais (tenho dúvidas em duas ou três situações que me parecem ser imagens de ficção de um filme de que vos falarei depois...); o segundo com texto em inglês, mas com legendas que até ajudam a melhorar o vosso domínio da língua inglesa..., da série "Século do Povo" que, depois vos passarei na aula, em português (claro!).
link do postPor temposnotempo, às 17:11  comentar

4.1.11
Novo período lectivo, novo ciclo de actividade! Deixo-vos algum material vídeo para este tema que agora nos "preocupa".
link do postPor temposnotempo, às 17:43  comentar

Janeiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

25
27
28
29

31


Janeiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

25
27
28
29

31


contador
subscrever feeds
blogs SAPO