Este é um blogue instrumental, feito sem veleidades. Penso nos meus alunos e na forma de o usar para lhes ser útil: experiência que se quer alimentada de experiências... e de invenções dos tempos que não temos tempo para ter...
22.3.09

 

Hoje sentiu-se no ar o cheiro das flores da poesia! Foi o seu dia!

 

 

Regresso, pois, com a Primavera e com o que simboliza em cada ano: a renovação da vida e das cores com que ela se pinta, sol incluido!... E depois os passarinhos, e os ninhos, e os namoradinhos, e os casalinhos, e os pintaínhos... e as flores... e o 2º Período a acabar... e a paragem da  Páscoa a chegar...

 

  

A Primavera, Sandro Boticelli

 

 E porque foi o Dia da Poesia aí vai uma que já foi falada algumas vezes no 9ºA, por causa da peça de teatro que o Grupo "Natural Invenção" , da escola, anda a preparar para estrear já no próximo dia 26, no decurso do Encontro de Teatro Escolar que a Joaquim de Carvalho está a organizar.

link do postPor temposnotempo, às 00:02  comentar

1.3.09

 

CONSELHO

 

Sê paciente; espera

que a palavra amadureça

e se desprenda como um fruto

ao passar o vento que a mereça.

 

 

 

 

 

 

Eugénio de Andrade

Os amantes sem dinheiro, 1950

link do postPor temposnotempo, às 18:19  comentar

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30
31


Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30
31


contador
subscrever feeds
blogs SAPO